[R-P] NOTICIAS DE NUESTRA AMÉRICA (Para que no te cambien la película)

jorge tribo jorgetribo en yahoo.com.ar
Lun Mayo 21 09:36:52 MDT 2007


Noticias de AEB Agencia espacial Brasileira
http://www.aeb.gov.br/conteudo.php?ida=5&idc=145&id=706

Grupo vai estudar assuntos para cooperação espacial
entre Brasil e Índia  
  16/05/2007 18:37:04  
   
Fotos: Edson Haruki/AEB   
Um grupo de trabalho formado por representantes da
Agência Espacial Brasileira (AEB) e da Organização de
Pesquisa Espacial da Índia (ISRO), vai estudar áreas
de cooperação espacial entre os dois países.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (16) durante
um encontro na AEB com a comitiva indiana. “Creio que
podemos fazer uma agenda tentativa para dar um passo
concreto no trabalho de parceria”, explicou o
presidente da AEB, Sergio Gaudenzi. 

As conclusões do grupo devem subsidiar a assinatura de
um documento bilateral em setembro, na Índia, quando
acontecerá o 58º Congresso Astronáutico Internacional,
promovido pela Federação Internacional de Astronáutica
(IAF). 

O grupo será coordenado, no lado brasileiro, pelo
diretor de Política Espacial e Investimentos
Estratégicos da AEB, Himilcon Carvalho, e no lado
indiano, pelo diretor do Programa de Observação da
Terra, Venkatakrishnan Jayaraman.

Ao apresentar o seu programa espacial, os dirigentes
indianos adiantaram temas onde existe a possibilidade
de troca de conhecimento ou serviços: rastreio de
satélites, desenvolvimento de projetos em aplicações
de satélites, lançamento de satélites de pequeno
porte, estudos científicos sobre o eletrojato
equatorial, entre outros.

Já a visão brasileira direciona-se para os programas
de uso de satélites para telemedicina e teleducação,
intercâmbio de cientistas, entre outros que devem
surgir com as discussões no grupo de trabalho. “Há
muito interesse em diversas áreas”, disse Gaudenzi. 

As atividades espaciais na Índia estão fortemente
estruturadas nas aplicações de satélites. Os atuais e
futuros artefatos espaciais abrangem desde navegação
por satélites a segurança alimentar, gerenciamento de
recursos naturais, monitoramento de desastres,
e-governance e previsão do tempo, sem contar os
satélites científicos, e plataformas orbitais
recuperáveis para experimentos em gravidade zero. 

Para o presidente da ISRO, G. Madhavan Nair, a relação
entre Brasil e Índia pode gerar benefícios para ambos.
“Atividades espaciais envolvem altos investimentos.
Ações em cooperação contribuem para desenvolver os
projetos melhor e mais rapidamente”.

A comitiva indiana também esteve em São José dos
Campos (SP), onde foi recebida pelo diretor de
Transporte Espacial e Licenciamento da AEB, João
Azevedo, e visitou o Instituto Nacional de Pesquisas
Espaciais (Inpe/MCT) e Comando-Geral de Tecnologia
Aeroespacial (CTA). Em Brasília (DF), a delegação foi
recebida no Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e
no Ministério das Relações Exteriores (MRE).


Andréia Araújo
Assessora de Imprensa da AEB
(61) 3411-5049/ 9975-7414

 
Brasil e Coréia debatem cooperação espacial  
  11/05/2007 17:50:00  
  
Brasil e Coréia debatem cooperação espacial

O presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB),
Sergio Gaudenzi, e o diretor do Centro de Controle de
Satélites da Coréia, Hak Jung Kim, reuniram-se nessa
quinta-feira (11) em Brasília (DF) para debater a
possibilidade de cooperação científica e tecnológica
no setor. 

Durante o encontro, Gaudenzi e Jung Kim, acompanhado
de uma comitiva coreana, apresentaram as
características de seus programas espacias. Assim como
o programa espacial brasileiro, o coreano pauta-se
pelo desenvolvimento de satélites, foguetes e centros
de lançamento.

A visita serviu como um ponto inicial para prospecção
de ações que interessem aos dois países. “Vamos
identificar que áreas são importantes para começar a
cooperação”, afirmou Gaudenzi. A partir daí, poderá
ser firmado um instrumento de cooperação. “Um acordo
quadro é o ponto de partida para qualquer trabalho em
conjunto”, completou.

Antes de vir à Brasília, a delegação esteve no
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCT),
no Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial (CTA) e no
Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), quando
puderam obter uma visão ampla da extensão do programa
espacial brasileiro.

A comitiva coreana foi composta, além de Hak Jung Kim,
pelo executivo da empresa Satrec, Sung Dong Park, pelo
professor da Universidade de Sunchun, Jeong Soo Kim, e
pelo adminstrador do Departamento de Relações
Internacionais, Jong Taek Huh.

Andréia Araújo
Assessora de Imprensa da Agência Espacial Brasileira
(61) 3411 – 5049 / 9975-7414
 
Coordenação de Comunicação Social - (0xx61)
3411-5049/5035

ccs en aeb.gov.br 
 
 
 
  
 
 



      ______________________________________________ 
¡Asombrate! Conocé el Beta de Correo Yahoo! que incluye muchas herramientas que harán tu vida más sencilla.
http://correo.yahoo.com.ar/




Más información sobre la lista de distribución Reconquista-Popular