[R-P] Los militares del Brasil

Susana Lischinsky lischinsky en uol.com.br
Dom Sep 15 19:01:26 MDT 2002


General Durval Nery:
“Fracassou o modelo econômico sob às ordens do FMI”
“Estamos assistindo diuturnamente à banalização de valores que deveriam ser
cultivados, preservados e enaltecidos em qualquer nação democrática e
soberana, como o patriotismo, a ética, a solidariedade e a cooperação. A
desmoralização do país, a falta de ética, a corrupção e as investidas contra
a língua, passaram a ser aceitas como coisa normal. Se não chegamos ao fundo
do poço, estamos perto. Ou reagimos agora ou teremos dificuldades maiores
quando mais enfraquecidas estiverem as instituições democráticas”, afirmou o
general Durval de Andrade Nery, presidente do Movimento Soberania e
Auto-Estima e diretor do Clube Militar, em palestra proferida na Associação
Brasileira de Imprensa (ABI), evento que reuniu militares e lideranças de
diversos setores da sociedade.
“Nos países administrados pelo FMI, os recursos que teriam para investir são
sugados pelas transferências ao exterior feitas por empresas transnacionais
e por muitas locais e, ainda, o serviço da dívida derivado dessas
transferências”, afirmou o general Nery, completando: “O atual modelo tem
que ser identificado e reconhecido como responsável pelo estado quase
terminal, em que o país se encontra. Daí, a urgência de agir. Fracassou o
modelo econômico desregulamentado e entregue às forças do mercado que o
governo adotou sob as ordens do FMI e de países que sempre mandaram no
Brasil e que hoje impõem esta política globalizante neoliberal”.
 ALCA
O embuste da Alca também foi denunciado pelo general Nery: “Os EUA estão
impondo a Área de Livre Comércio das Américas para completar o seu domínio
absoluto e definitivo sobre os povos do continente americano. A ALCA, com
propósitos, objetivos e estratégia neoliberal é uma nova ameaça de
colonialismo para os brasileiros e para os latino-americanos. Pretende ser o
acordo de livre comércio de maior alcance do mundo, envolvendo 34 países
latino-americanos, porém para usufruto de apenas um. O anúncio de que se
trata de uma área de comércio é falso. O que está sendo negociado e
construído em segredo é um tipo de governo das grandes corporações
transnacionais, que funcionará acima e independente dos governos nacionais”.
 DEFESA NACIONAL
Os cortes nas Forças Armadas também foi denunciada pelo general Nery. “Não
reconhecer a necessidade de se preservar a capacidade de Defesa do País é no
mínimo uma irresponsabilidade”, disse o general questionando: “Como garantir
a soberania nacional com as Forças Armadas sendo submetidas a um processo de
carência de meios que determina a obsolescência e o sucateamento do seu
material, além da intenção preconcebida de proletarização e fracionamento
dos níveis hierárquicos e a dispensa de mais de 40 mil homens dos seus
efetivos, como está acontecendo agora”. “Os militares não poderão jamais,
ser instrumentos de lideranças políticas improvisadas, incompetentes e
fracassadas. Os militares não podem deixar que a Nação seja destruída. É a
hora de reagir e iniciar a grande obra de reconstrução do País, em todos os
segmentos nacionais, onde não só o povo, como todo o organismo social venha
a se inserir com justiça e paz”.





Más información sobre la lista de distribución Reconquista-Popular